Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Exercício Agulhas Negras > Exercício Agulhas Negras > Exercício Agulhas Negras 2013 - Operação Paraibuna
Início do conteúdo da página

Exercício Agulhas Negras 2013 - Operação Paraibuna

Publicado: Quarta, 16 de Março de 2016, 13h58 | Acessos: 2446

No período de 21 a 29 de novembro de 2013, a 2ª Divisão de Exército (DE) executou a 18ª edição do Exercício Agulhas Negras, na região do Vale do Paraíba, encerrando as atividades de seu Programa de Adestramento Avançado. O traçado da área de operações abrangeu os municípios de Caçapava, Jambeiro, Natividade da Serra, Paraibuna, Redenção da Serra, São Luiz do Paraitinga, Taubaté e Tremembé, todos situados no estado de São Paulo.

Tal como ocorreu em sua edição anterior, o exercício se desenvolveu em um quadro situacional factível e atual, tendo como objetivo geral a capacitação da 2ª DE e demais comandos em presença a atuarem em operações no amplo espectro, em um quadro de conflito assimétrico.

Em uma dinâmica bastante intensa, foram simuladas situações de guerra e não-guerra que exigiram atuação dos estados-maiores e da tropa, neste caso descentralizadas até os mais baixos escalões, no cumprimento de tarefas enquadradas em Operações de Informação, Operações Especiais, Operações Ofensivas e Defensivas, Operações Aeromóveis, Apoio de Fogo e Defesa Antiaérea, entre outras.

Participaram do Exercício tropas dos seguintes comandos: 11ª Brigada de Infantaria Leve; 12ª Brigada de Infantaria Leve (Aéromovel); Brigada de Infantaria Paraquedista; 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea; Comando de Operações Especiais; Comando de Aviação do Exército; 2º Batalhão de Engenharia de Combate; 12º Grupo de Artilharia de Campanha Leve; 2º e 8º Batalhões de Polícia do Exército, 1º Batalhão de Guerra Eletrônica; 1º Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear; Núcleo do 1º Batalhão de Inteligência Militar, Hospital de Campanha do Exército, e representantes do Comando Militar do Sudeste e 2ª Região Militar, um total aproximado de 4,8 mil militares.

registrado em:
Fim do conteúdo da página