Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Exercício Poço Preto > Exercício Poço Preto > Exercício Poço Preto 2012 - Operação Poço Preto III
Início do conteúdo da página

Exercício Poço Preto 2012 - Operação Poço Preto III

Publicado: Terça, 15 de Março de 2016, 16h54 | Acessos: 3014

No período de 10 a 14 de setembro de 2012, a 2ª DE desencadeou a Operação Poço Preto III, exercício montado em um cenário assimétrico, não linear, em ambiente rural, de baixa intensidade, com ações sucessivas, de dupla ação. A área utilizada foi o entorno da represa da SABESP, balizada pelas localidades de Salesópolis e Biritiba-Mirim, no estado de São Paulo.        

A Operação contou com a participação de tropas e meios das Forças de Atuação Estratégica do Exército, a saber: 12ª Bda Inf L (Amv), 11ª Bda Inf L, Bda Inf Pqdt, Bda Op Esp e CAvEx, bem como uma equipe da Polícia Militar de São Paulo, um total de 1,6 mil militares.        

O comando das tropas foi atribuído à 11ª Bda Inf L (Bda FAE), que enquadrou dois BI FAE: a U FAE ANHANGUERA, integrada por uma subunidade dos 27º BI Pqdt, 2º BIL, 28º BIL e a U FAE AEROMÓVEL, constituída por uma subunidade dos 4º, 5º e 6º BIL. O Destacamento de Ações de Comandos e a equipe da Polícia Militar de São Paulo constituíram um Gpt Esp, subordinado diretamente ao Comando da Bda FAE. A  Força Oponente (FOROP) ficou a cargo do 20º GAC L, com duas subunidades.         

Os incidentes tinham como propósito alcançar os seguintes objetivos:         

– Desenvolver a capacidade de liderança militar dos quadros em ambiente rural;      

– Exercitar a ação de comando do Efetivo Profissional (EP) em todos os níveis;       

– Consolidar o caráter coletivo entre os integrantes das FAE; 

– Preservar e ampliar a experiência operacional das SU/FAE em ambiente rural;        
 
– Ampliar a experiência operacional das SU/FAE em operações de baixa intensidade; e       

– Coroar o adestramento de patrulhas no âmbito da 2ª DE.

registrado em:
Fim do conteúdo da página